Seguidores

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

JOGRAL- AS MÃOS DE MEU PAI




Vozes femininas – As mãos de papai, como esquecê-las?

1 Masculino – Elas sempre providenciaram meu abrigo

2 Feminino – Meu sustento e meu ensino

Vozes masculinas – As mãos de meu pai !

3 feminino 1 masculino - São as mais fortes, cheias de honestidade

1 feminino – Tímidas, às vezes, na sua simplicidade, acenando-me quando ia trabalhar

Todos – Neste domingo bonito, no seu dia meu pai

3 feminino – Data em que o comércio anuncia os seus presentes

1 feminino 2 masculino – Porém, por mais que eu tente, não consigo encontrar

2 feminino – Um presente verdadeiro para entregar a você

Todos – Que tem as mãos de guerreiro, as mais bonitas que eu já vi!

Todas Femininas – Essas mãos tanto cuidaram de mim, em toda a minha existência

3 masculino – Que, às vezes, me parecem às únicas que eu já conheci

1 feminino – mãos que me abençoam, e me protegem

2 Masculino- Com firmeza e carinho na vida me mostram o caminho

Todos – Obrigado, senhor, por meu pai!

2 feminino- Verdadeiro, sentinela em vigília sem fim, sempre zelando por mim
Vozes Femininas – Oh! Meu Deus, eu te agradeço pelas mãos de meu Pai.

1 feminino – Mãos diligentes, abrindo a bíblia e unidas, tão bonitas, para orar

2 feminino 3 feminino – Orar por todos lá em casa

Vozes Femininas – E pelo mundo inteirinho

1 masculino- Pois o coração de papai é mesmo um jardim imenso

3 feminino – Ensolarado, lindo, sem fronteiras....

2 masculino – Papai, em tempo de agradecer, eu não poderia esquecer suas mãos tão cheias de amor

1 feminino – E não esqueça o senhor, o quanto lhe quero bem

Vozes masculinas  – Portanto, peço sua benção meu Pai!

Vozes femininas – E que Deus os abençoe também

Todos – Feliz Dia dos Pais.

(FONTE)

Um comentário:

  1. Que fofo esse jogral, Cris
    passei para desejar um ótimo final de semana e convidá-la a participar da promoção do Dia do Catequista.
    grande beijo e fique com Deus.

    ResponderExcluir

"Que a estrada se abra à sua frente,
Que o vento sopre levemente em suas costas,
Que o sol brilhe morno e suave em sua face,
Que a chuva caia de mansinho em seus campos,
E, até que nos encontremos, de novo...
Que Deus lhe guarde nas palmas de suas mãos!"

OBRIGADA POR DEIXAR SEU COMENTÁRIO!